Deuses Gregos da Mitologia – Lista de Nomes: 12 do Olimpo

Os deuses gregos são importantes elementos filosóficos e culturais para compreender as sociedades antigas, especialmente a Grega que, por sua vez, exerceu forte influência nas sociedades do mundo todo. Embora sejam mencionados diversos deuses, vamos abordar aqui aqueles que possuem maior destaque.

Os Deuses Gregos eram muitos, porém alguns deles eram tidos como os principais e eram os que mais recebiam homenagens dos povos da época.

Nessa página você encontra os nomes dos doze principais deuses gregos da mitologia, confira.



Os 12 Deuses do Olimpo

  1. Afrodite – deusa do amor, símbolo da beleza
  2. Apolo – deus da luz, da medicina, das artes e da música
  3. Ares – deus da guerra, filho de Zeus
  4. Ártemis – deusa da lua
  5. Atena – deusa da sabedoria, corajosa guerreira
  6. Deméter – deus da terra fértil
  7. Dionísio – deus da festa, do vinho e do prazer
  8. Hermes – deus do vento
  9. Hefesto – deus do fogo e dos ferreiros
  10. Hera – deusa da maternidade e do casamento
  11. Poseidon – deus dos mares, irmão de Zeus
  12. Zeus deus dos deuses

todos-deuses-gregos

Principais Deuses Gregos da Mitologia

1 – ZEUS (saiba mais)

É considerado o Deus dos Deuses. Deus do céu e das tempestades. Para os gregos da antiguidade, Zeus era o deus dos deuses, ocupando a posição de líder de todos os demais deuses existentes no Olimpo. Os poderes de Zeus estariam associados à ordem e à justiça.



Na mitologia, Zeus é o filho mais jovem de Cronos e Reia. Os filhos de Zeus são Ártemis, Hermes, Febo, Dionísio, Ares, Perseu, Atena e Afrodite.

2 – ATENA (saiba mais)

Atena também era chamada Minerva e Palas-Atena. A Deusa virgem era símbolo da sabedoria, da razão e da pureza. Era uma corajosa guerreira em tempos de batalha.

Filha de Zeus e Métis, Atena está ligada à guerra e às artes, atuando em áreas como estratégias de batalha, justiça, inspiração, força e civilização. O filho dessa deusa é Erictónio de Atenas.

3 – AFRODITE (saiba mais)

Também chamada de Vênus, ela era a deusa do amor e da beleza. Tinha como símbolo a pomba e o cisne. Parte dos poetas afirmam que era filha de Zeus, enquanto outros afirmam que ela surgiu a partir das genitálias decepadas de Urano.



Afrodite é, sem dúvida, uma das mais conhecidas Deusas da antiguidade. As antigas lendas gregas afirmavam que essa deusa teria surgido do mar, sendo que seu nome significa “nascida da espuma”. Tida como a mais bela das deusas gregas, Afrodite é conhecida também pelos diversos casos amorosos com outros deuses gregos como Hermes e Ares e também com os mortais.

Ainda que Afrodite tenha tido esses múltiplos casos amorosos, ela foi esposa de Hefesto (outro deus grego). De acordo com a mitologia grega, o amante preferido dessa deusa foi Ares (deus da guerra), com o qual Afrodite teve diversos filhos: Eros, Anteros, Fobos, Deimos, Harmonia (deusa da paz e da concórdia).

4 – ARES (saiba mais)

Ares é o deus da guerra, sendo um dos filhos de Zeus e Hera. Entre os antigos gregos, era muito comum a realização de sacrifícios de animais na noite anterior à ocorrência dos combates com o objetivo de conquistar o apoio de Ares.  O soldados da Grécia antiga adoravam tal em tempos de batalhas.

De acordo com as antigas crenças gregas, no campo de batalha era possível matar um mortal somente com o grito de guerra desse deus. Ares também é conhecido por ter sido um dos amantes da deusa Afrodite, sendo o preferido dela.

5 – DIONÍSIO (saiba mais)

Deus do Vinho e das festas, Dinísio era filho de Zeus. Também é conhecido como Baco, é adora por atores e escritores.

6 – PERSÉFONE (saiba mais)

Na mitologia grega, Perséfone é a deusa do submundo. Além dessa posição, essa deusa atua também nas áreas da agricultura, da fertilidade e das estações do ano. No campo da mitologia romana, Perséfone é chamada de deusa Proserpina.

7 – HEFESTO (Vulcano) (saiba mais)

Era deus do fogo e dos ferreiros. Representado com um martelo, também era chamado de Vulcano.

Também chamado de Vulcano, o deus Hefesto é filho de Zeus e Hera. Na mitologia grega, conta-se que ele nasceu tão feio e fraco que foi jogado no oceano pela mãe.

Tempos depois de ser resgatado do oceano por ninfas, Hefesto se tornou um artesão famoso. Devido a esse grande talento, Hefesto foi encaminhado pelos deuses ao Olimpo, tornando-se deus do fogo e protetor das atividades de trabalho relacionadas ao manuseio do metal.

8 – EROS

Eros é outro dos deuses gregos mais famosos, sendo o deus do erotismo, da paixão e do amor. Na mitologia, é dito que a grande tarefa desse deus é unir as pessoas ao usar suas flechas. Na mitologia romana, Eros é chamado de cupido, símbolo também conhecido em praticamente todas as culturas.

9 – HÉLIOS (saiba mais)

Hélios é o deus grego do sol, sendo filho de Hipérion e Teia (ambos titãs). Na mitologia grega, ele é também conhecido por ser o deus da onisciência e do tempo. De acordo com antigas lendas, o deus Hélios era muito chamado para ser testemunha de outros deuses (já que ele tudo sabia).

10 – DEMETER (saiba mais)

Demeter era a deusa dos grãos, da agricultura e da colheita. Os gregos tinham a crença que essa Deusa fazia as colheitas terem sucesso, por isso ofertavam parte da colheita para ela.

Deméter é considerada uma das deusas mais significativas da mitologia grega, já que ela está ligada às colheitas e fertilidade das terras em cultivo, possuindo o ciclo da vida e da morte.

De acordo com as antigas crenças mitológicas, essa deusa atuou como grande reveladora da atividade agrícola para o ser humano, tendo orientado especialmente as formas de cultivo do trigo e do milho. Por esse motivo, Deméter é tida como a deusa da agricultura. No campo da mitologia romana, a deusa Deméter recebe o nome de deusa Ceres.

11 – APOLO (saiba mais)

Apolo é o deus da luz, da medicina, das artes e da música. Na mitologia dos antigos gregos, ele é filho de Zeus com uma titã chamada Leto.

Também era capaz de trazer doenças àqueles atingidos por suas flechas. Assim, acreditava-se que como ele capaz de trazer doenças, também era capaz de trazer a cura.

Quando mais jovem, Apolo era conhecido por ser bastante vingativo. No entanto, com o passar do tempo, começou a ser um deus mais calmo, direcionando seus poderes para a música, previsões do futuro e realização de curas.

A mitologia grega menciona que Apolo teve vários filhos (também deuses). Os mais conhecidos são Aristeu e Asclépios. Ainda que Apolo tenha tido casos amorosos tanto com mulheres quanto com homens, esse deus tem a “fama” de não ter tido muita sorte no amor.

12 – DIONÍSIO (saiba mais)

Dionísio, que na mitologia romana recebe o nome de Baco, consiste no deus do vinho, das festas e do prazer, sendo também um dos mais famosos na mitologia grega. De acordo com essas antigas crenças, esse deus detinha o conhecimento quanto ao preparo do vinho e era capaz de criar drogas poderosas para proporcionar prazer.

Dionísio também é conhecido por ser um deus grego da alegria, teatro, fecundidade e natureza. Esse deus grego casou-se com Ariadne, que era filha do rei de minos. Entretanto, Ariadne era apaixonada por Teseu (um herói grego).

13 – HERMES (saiba mais)

Filho de Zeus, Hermes era tido como Deus do comércio. Protetor dos viajantes e dos atletas, também era adorado pelos ladrões.

Hermes, o deus do vento, é um dos mais conhecidos na mitologia grega. Ele está ligado às áreas da sorte, riqueza, fertilidade, comércio, estradas e viagens. Ele é tido como um mensageiro dos deuses e seu nome quer dizer “marcador de fronteira”. Na mitologia dos romanos, Hermes apresenta o nome de Mercúrio. Hermes era filho de Zeus com Maia (uma das plêiades).

14 – ÁRTEMIS (saiba mais)

Filha de Zeus, era a deusa da caça, da natureza e da castidade. Também era adorada na busca da proteção da agricultura e animais de pastoreio.

Ártemis é a deusa da lua, estando também associada à caça, parto de animais selvagens e ao parto. Na mitologia romana, essa deusa é chamada de Diana.

Além de ser considerada uma eficaz caçadora, a deusa Ártemis está ligada à proteção de crianças e jovens e alívio de doenças ocorridas nas mulheres.

15 – HÉSTIA (saiba mais)

Irmã de Zeus, era símbolo do lar e da família. fez um voto de permanecer virgem, recusando-se a ceder as investidas s de Poseidon e Apollo.

Héstia é a deusa do fogo, sendo posteriormente substituída pelo deus Dionísio em alguns momentos. Bastante idolatrada entre os deuses e os mortais, ela está entre os chamados 12 deuses do Olimpo. No campo da mitologia romana, Héstia é conhecida como Vesta.

16 – Hera (Juno) (saiba mais)

Também chamada de Juno, era Deusa do casamento e do parto. Muito citada entre os Deuses Gregos.

Também conhecida como Juno (na mitologia romana), a deusa Hera está relacionada aos céus, ao matrimônio e à maternidade, sendo a rainha do Olimpo.

Na mitologia dos gregos, Hera é o grande símbolo da fertilidade, da monogamia e da fidelidade conjugal, sendo uma protetora das mulheres casadas e dos nascimentos.

Casada com Zeus, Hera é bastante conhecida por ter um temperamento vingativo e ciumento, fazendo com que essa deusa fosse temida até mesmo por seu esposo

17 – POSEIDON (saiba mais)

Poseidon, irmão de Zeus, era o poderoso Deus dos mares. Carregava consigo o tridente, com o qual ele poderia fazer a terra tremer.

Conhecido por ser o deus dos mares, das tempestades, dos terremotos e dos cavalos, Poseidon era tido pelos antigos gregos como um protetor dos marinheiros. Esse deus é caracterizado por possuir um temperamento oscilante e violento, sendo tido como um deus vingativo.

A mitologia grega menciona que Poseidon morava no fundo do oceano e que todas as tormentas, maremotos e tempestades ocorridas no mar eram ocasionadas por esse deus inconstante que, junto com Zeus e Hades, atua como um dos três governantes do mundo.

O campo da mitologia romana, o deus Poseidon é chamado de Netuno

18 – HADES

Muitos gregos tinham medo de Hades, associando-o com a morte e com o inferno. Apesar de um atleta olímpico, Hades preferiu o submundo e raramente saía de seu reino.

19 – TÊMIS (saiba mais)

Na mitologia grega, Têmis é o nome dado à deusa da justiça. De acordo com as antigas crenças gregas, essa deusa criou as leis divinas que tudo regem. De maneira geral, Têmis apresenta três campos de atuação: ordem natural, ordem moram e profecias.

20 – Éos (Aurora) (saiba mais)

Nas antigas crenças mitológicas gregas, a deusa Éos (também conhecida como Aurora) é a personificação do amanhecer, exercendo o papel de abrir as portas do céu para a carruagem de Hélios (deus do sol). Éos também seria responsável pelas tonalidades do céu e brilho do céu.

Essa deusa é muito conhecida por acordar as pessoas dos seus mais profundos sonhos e também derrama o orvalho nas folhas.


O início: Como surgiram os Deuses?

Antes de Júpiter, o Caos se esclarece, faz-se o Dia, o Céu e a Terra se unem, a divindade se manifesta por toda parte, mas o mundo divino não reside em nenhum lugar determinado. O filho e sucessor de Saturno constitui e organiza a ordem divina.

Desde o começo do seu reinado, mas não sem combate, os Titãs, filhos da Terra, vão desaparecer, a partilha do mundo se fará na sua família, a abóbada celeste, às vezes velada de nuvens, às vezes resplandecente de azul, de fogos, e de luz, sustentará o palácio misterioso do senhor soberano, pai dos deuses, pai dos homens. Este palácio é o Olimpo ou o Empíreo.

As divindades anteriores a Júpiter pertencem às idades mitológicas mais longínquas, e por bem dizer, às origens do mundo. As suas histórias, ou antes, as suas lendas, são assinaladas por uma certa confusão, a sua fisionomia participa ainda do caos.

Monte-Olimpo

A partir do reinado de Júpiter as personalidades divinas se acentuam mais nitidamente. Se algumas vezes os deuses têm ainda atributos ou funções semelhantes, se muitos dentre eles são a mesma pessoa sob vários nomes, os seus traços são mais distintos, o seu papel mais definido.

O Deus dos Deuses

Da sua morada erguida no alto das regiões terrestres, nos extremos confins do éter, no espaço invisível, Zeus (Júpiter) preside às evoluções do mundo. Ele observa os povos, provê as necessidades dos homens, assiste às suas rivalidades, toma parte nas suas discórdias, persegue e pune os culpados. Zeus ainda vela pela proteção da inocência, – em resumo, se desempenha dos deveres, reúne-os no Olimpo, em sua corte e sob o seu cetro.

Todos Deus gregos são representados como seres supremos simbolizados com proximidades aos humanos. Assim, estabelece-se entre todos deuses gregos um traço incessante, elas se dignam de se aproximar dos mortais, de se unir com eles; reciprocamente os mortais generosos aspiram às honras do Olimpo, e por suas ações heroicas, esforçam-se por obter dos deuses a imortalidade.

imagem: fonte

Leia outros assuntos sobre:

Gostou dessa matéria sobre todos deuses gregos do Olimpo? Agora que você sabe os nomes dos deuses gregos, continue lendo sobre esses temas e mitos:



Outros Assuntos: